Páginas

segunda-feira, 21 de março de 2011

Teu desejo me salva da minha vida



O meu mundo existe quando sinto os seus lábios, por mim arderem.

E num calafrio, sinto as minhas células, uma a uma se perderem.

É nesse momento que eu mais me sinto segura: quando estou sem chão.

Foge de mim toda a ternura, e ou pura pura pulsão.

Pois eu moro no ar, e veja, nem sou borboleta.

E este ardor nada tem a ver com te amar. O que para mim, é uma faceta.

Diante disso te pergunto: Seus lábios ardem mesmo por mim ou esta sensação é o meu puro reflexo?

E ao encontrar os teus lábios, o meu mundo acaba? Ou esta sensação não tem nexo?

Meus lábios queimam sempre, desejando a aproximação dos teus.

Num arrepio que me deixa doente, ardo em febre, beirando um adeus.

Esta ardência... fisicamente tão pura, mas materialmente tão subjetiva...

Quando se presentifica é como uma lança, que me perfura, e minh’alma ativa.

E é nesse instante, que é eterno, que interpreto estar sendo correspondida.

Minha alma carrega consigo um inferno. Seu desejo me salva da minha vida.

Aí, eu te imploro: esclareça-me, meu amor: você me deseja ou esta é a minha loucura?

Se for desejo, deixe que apareça, por favor. Eu o personifico, não o deixarei ser apenas rasura!




Imagem: Deviantart


22 comentários:

Camila Lourenço disse...

Então tem um espião seu nos meu sonhos e nos meus pensamentos e ele veio e te contou tudo que eu sentia(e sinto)?
Danadinha!

rs!
CARACA!
Suuuuuuuuuuuuper me identifiquei!

Adorei!

Esses dias vc me fez uma pergunta no blog:"E quando a metade é o todo?" Lembra?
Pois é, não sei se ainda quer a resposta, mas pra mim, se a metade é o todo, que ela seja ao menos completa, ainda que só um pedaço de tudo que poderia ser...

Beijo!

Lia Araújo disse...

Que lindo é quando a ternura foge do alcance da razão...

obrigada pelo carinho e atenção...
Otima semana pra ti!

Muita luz!

Vanessa Souza Moraes disse...

O olhar do Outro que valida a gente.

olhar disse...

é este ardor que dá a graça muitas vezes...ah...este ardor...

beijos!

Bia

Carina B. disse...

Pode tirar o chão, contanto que me dê o céu.

:)

Fabrício Franco disse...

Alicia,

Que não nos tornemos rasura de nada!

Beijo!

Andressa disse...

ardo em febre, beirando um adeus.

Camila Fontenele disse...

Desejo e loucura caminham juntos.

Retalhos do que sou (Van) disse...

Ah! Alicia

escreveu por mim, tudo que eu queria saber

bjs

Naiane Julie disse...

Muito intenso.

Julliany kotona disse...

"Te desejo Nesta Semana
Paciência para as dificuldades
Tolerância para as diferenças
Benevolência para os equívocos
Misericórdias para os erros
Perdão para as ofensas
Equilíbrios para os desejos
Sensatez para as escolhas
Sensibilidades para os olhos
Delicadezas para as palavras
Coragem para as provas
Fé para as conquistas
E amor para todas as ocasiões..."

Bjos de boa semana.

Janaina Cruz disse...

As vezes, existir dentro da existência de alguém nos faz ternos, quase eternos também...

Abraços e ótima semana :)

Marcelo Mayer disse...

"e que se cale entre minhas pernas"

Fernand's disse...

A P L A U S O S!!!


lindo demais.
um gde bj.

Lívia Azzi disse...

Belíssimo, Alicia!

Sem sentir minha alma implorando por esse esclarecimento: "meu amor: você me deseja ou esta é a minha loucura?", o meu corpo não sabe amar!

Teresinha Oliveira disse...

UAU! Bendita loucura! E o Marcelo Mayer completou sabiamente.
Já estou até pensando em me mudar para um manicômio.

Marília Felix disse...

Tuas postagens salvam meu dia!
=)

Flor de Lótus disse...

Ai o amor ele realmente salva vida, faz tudo ganhar novo sentido, faz tudo parecer mais bonito e colorido...
To precisando de momentos assim de sair do chão, de bater asas e voar...
Beijos

Giovanna Cóppola disse...

Não tem o que dizer sobre a força de um beijo. Lábios que se encontram, sensações que percorrer todo o corpo e toda a alma. Linda poesia. Não deixemos nada disso ser apenas rascunhos. :)

Long Haired Lady disse...

o desejo faz tudo por você, te impulsiona a viver!

Manuella Monte Santo disse...

É assim mesmo, paixão e sentimento doido sem sentido, mas quem disse que precisa?

Lindo blog.
Sigo.

Arthur A. disse...

"Aí, eu te imploro: esclareça-me, meu amor: você me deseja ou esta é a minha loucura?"

Talvez ambas as alternativas estejam corretas. Talvez o amor que dá certo seja apenas uma loucura compartilhada/correspondida/complementada.