Páginas

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Amar é um pouco como enlouquecer



Eu sinto a sua falta. 

Eu disse que sinto a sua falta, e não que eu sinto falta de você.

Porque, bem, você está aqui comigo. Quando com presença física, ao meu lado. Quando sem presença física, em mim; no que posso chamar de pensamentos, coração, corpo, alma, pele. Em mim.

Mas a falta que agora sinto, é sua. Ao menos, não parece que é minha.

É. As vezes em me confundo com você. Quero-te tanto... A presença física já não basta. A linguagem da pele, linguagem essa que é da ordem da paixão, torna-se insuficiente. Esforço-me tanto em transcender os corpos, em aproximar a minha alma da sua, que, (in)felizmente , eu consigo. Eu me confundo com você, eu me misturo na sua alma, eu me perco na sua existência. 

Na tentativa de anular a minha falta, tento preenchê-la com sua presença. Frustração. Preenchimento não há. E, de repente, dou-me conta de que, momentaneamente, a minha falta se torna a sua falta. Parece uma troca justa, mas a minha incompletude se duplica em progressão geométrica, mesclado ao seu vazio. 

Não permita que eu enlouqueça.




*imagem: deviantart

22 comentários:

Nanda disse...

Gostei tanto...
Às vezes a gente tem a pessoa ao ladinho. Mas sente falta do que ela foi um dia, ou do que ela nunca foi, quem sabe...

adoro te ler!

beijo

Vanessa Souza Moraes disse...

A falta da falta?

Ph disse...

Não há contentamento nem sossego.
Apenas um vazio.

Morbid_Angel disse...

Entendo o q quer dzer, eh q geralmente as pessoas mudam, ou revelam o q saum com o tempo e na vdd nos naum as aceitamos como saum, mas a qremos como nos a qremos.
Eu to disposto a fzer parceria se qser. Um segue o outro e link o blog do outro, se qser soh me dar um toque.
Abracos.

Lívia Azzi disse...

Eu enlouqueço!

Também acho justo que a falta que sinto do outro seja reciprocamente sentida pela minha falta também. Embora, esse utilitarismo não seja suficiente para me completar.

Belíssimo texto!!

Fabrício Franco disse...

Alicia,

Numa aula de filosofia, há muito tempo, meu professor disse que nossa imagem era como a de um C, ou seja, esperávamos um C oposto que nos completasse. Enquanto isso não ocorresse, éramos tão somente essa criatura cuja falta era nossa sombra constante. Sempre tentei pensar que não, que embora não fôssemos completos, haveria ainda de não ser essa carência toda. Só que há amores que nos fazem ver que a falta do outro é muito maior - é a falta da gente ser mais feliz... :(

IsaBele disse...

AH, a falta... Os insensíveis diriam: Falta de quê se tens tudo? Mal sabem eles dessa nossa fome...

Ana Carolina Vingert disse...

Terminei de ler e senti falta de alguém.
Mas acho que já enlouqueci algumas vezes, e voltei ao "normal".
Volto,Falo com ela...

MariAne disse...

Eterna falta, eis a companheira fiel...

Camila Márcia disse...

Ahhh essa falta... nada e nem ninguém jamais estrá completo... assim penso!

Karoline Serpa disse...

Falar de sentimentos é uma coisa.
Falar deles com classe, é outra.

Encantada!

DUARTE, A. disse...

Apaixonar-se já uma perdição! Perde-se de si próprio para buscar o outro!
=]
Obrigada por me seguir! Beijos

Andressa disse...

Lou-cura na falta e tanto mais na presença.

Aline disse...

É, a palavra já está lá: Frustração.

Priscilla Cavazzotto disse...

Que palavras lindas...
Beijos meus

Sandra Botelho disse...

Queremos o coração, a alma e não somente um corpo...Lindo! Beijos achocolatados

Leo disse...

Eu li e senti falta, ah, adorei tudo aqui!

Beijo e falo com ela!

Carina B. disse...

Preferimos a ilusão de completude do que o real da falta, mesmo (com)partilhada.

Ótimo texto. :)

Vinicius.C disse...

Eu vou pegar para mim apenas uma frase... " Eu sinto a sua falta"

Falta que grita louca insana dentro de mim.

É essa falta que eu tenho, que eu sinto, falta que não finda, por mais que eu querira, não finda.

Adorei!!

Nos encontramos no Alma!

Um ótimo fds!

Fernand's disse...

só vc tem o poder de não deixar-se enlouquecer!



=)

bjsmeus

raquel disse...

ahah crescem tão rápido..é pena.

sinto falta de uma pessoa todos os dias.

lírios e fisio disse...

Incrível! Transformado em palavras, um sentimento tão nobre e real! Virei fã! Bjs