Páginas

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Quero te comer




Numa dessas nem é amor. É um negócio de pele. É uma exigência da boca. Preciso sentir o teu gosto. Salivo de imaginar a textura do teu ombro! Vê se faz sentido isso. Tenho tesão até pelo seu antebraço. Cada milímetro do teu corpo é um troço que me deixa maluca. Não há razão. Teu corpo desencadeia as minhas irracionalidades. Quero comer você. Eu sei que sou mulher e que as coisas não funcionam assim e é o homem quem come e blablablá...mas não é isso que estou dizendo, peraí, você não tá entendendo nada. Quero comer você...assim...mesmo. Sem metáforas. Quero tua pele na minha – para sempre. Quero teu sangue impregnado no meu. Quero sentir o gosto do jantar com a tua língua. Quero tragar o teu cigarro. Quero a agonia da tua asma.
Ah, sem essa de que sou louca. Eu só tenho episódios de sinceridade. Digo isso tudo e em seguida disfarço a minha crueza muito bem. Sorrio, te dou beijo na testa e te acaricio os cabelos. Uma lady.

16 comentários:

André Salviano disse...

Muito bom! Clap clap clap


besos,
@paraquenomes

Fernando Lago disse...

Você é muito boa!
Com ou sem trocadilho, você decide.
=p

Beijo.

Rê_Ayla disse...

perfeito!!!! clap clap clap

Flavio Ferrari disse...

Feromônios ...
Também acontece com perfumes baunilhados, às vezes ... rs

Danelize Gomes disse...

instinto selvagem de uma mulher com sentimentos possessivo, awn *-*
Igualando-me aos de cima,muito e muis clap,clap,clap
*-*

IsaBele disse...

Adoro! Vc e suas comilanças! rsrsr

Bjs!

ps. O que significa "clap, clap, clap..."? rsrsrs

Marcelo Henrique Marques de Souza disse...

Tudo bem, é o homem que come.. mas há mastigadas femininas que são sinceras o suficiente..

Quanto ao texto, o tema é difícil, porque há sempre o risco de que fique vulgar.. mas você mastiga o risco e segue em frente.

Como sempre [os seus belos textos].. ;)

Mente Hiperativa disse...

Eu gosto dos teus lapsos de sinceridade-pura. Pena que poucos entendam esses desejos, né...

Bjo

Luana Barcelos Dantas disse...

Ser vampira também é uma forma boa de amar...

Beijos,

Luana Barcelos

Karla Tabalipa disse...

Lindeza de texto! Tem gente que dá mesmo vontade de devorar inteirinha!

E se parar pra pensar, quem come é a mulher, viu! ;p

BG disse...

Que canibalesca! Se Annibal lesse esse texto, seria paixão a primeira vista. Ou seria a primeira lida? Ou a primeira mordida!!!

Vanessa Souza Moraes disse...

Sempre é agora.

Beijos, moça.

Ivan disse...

Hahaha... o final é simplesmente genial! Muito bom!
Abraço

Ayanne Sobral disse...

Menina, eu sei dessa fome.
Instinto de fêmea, talvez.
É um querer com exagero. Com fúria.
Negócio de pele.
Vontade de comer.
Saciar essa fome de ser a comida.

-
Adoro essa mistura de doçura de menina e coragem de mulher, essas que vivem aí em você o tempo todo. Adoro.
E adoro vir aqui.
E tenho saudade de vir aqui.
:)

Anônimo disse...

Q tal um sexo bem gostoso entre nos

Vitor disse...

Meio idiotice os comentários. Sei lá muita babaquice!