Páginas

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Foda-se

Não sei o que fazer, por isso amo.
Amo,e  por isso não sei o que fazer.

Sei lá qual das duas afirmativas é mais verdadeira, mas sei que nenhuma delas é falsa.

Sei que viver é um treco estranho. Acho que estar morta me é mais familiar do que estar viva, ainda que eu não me lembre de ter estado morta alguma vez. (Não que eu não tenha estado, já estive morta inclusive em vida, mas eu faço um papel de morta tão bom que não me lembro depois como é.) Me sinto esquisita quando me percebo viva. Minha corrente sanguínea me faz sentir cócegas, minha pele me faz sentir claustrofóbica, minhas curvas me fazem sentir feminina. Sim, é estranho viver num corpo feminino. Ter um corpo já é estranho, ter um corpo com curvas, buracos (celulite, gente) e sangue é ainda mais estranho.

Amar também não pode ser natural. Não é possível que sentir essa urgência de fazer um com você, seja o que se espera de um ser humano. Não é possível que toda a humanidade sinta esse desespero que começa a latejar no peito e se alastra pelo corpo todo, na sua forma mais silenciosa. Porque quando as coisas gritam eu fico bem. Olha só, não sou eu, é fulano que está fazendo escândalo, tá vendo? E todos estão mesmo vendo. Mas as minhas crises existenciais fizeram curso de etiqueta. São silenciosas e só andam de salto alto. Saia na altura dos joelhos. Sorriso sem mostrar os dentes. Minhas crises existenciais são muito ladies.

Chega. Não sei mais o que dizer de mim. Cada dia que passa, um pedaço meu menor cabe na minha língua. Já não suporto a insuficiência da linguagem, já não suporto a falência do amor, já não suporto que eu não seja o suficiente pra mim.

Foda-se.

A coisa mais linda que aprendi nesse mundo.

10 comentários:

Dani Lusa disse...

"Já não suporto que eu não seja o suficiente pra mim."

É, bem assim. Acho até que minha existência tem crise de mim.

E, cá entre nós, um "foda-se" de vez em quando faz bem.

Beijo, Alicia!

Junior Gros disse...

Ah, o amor. Nos faz gulosos, queremos ter a nós mesmo e ao outro.
Faz nosso corpo arder em calafrios.
Nos faz querer gritar. Às vezes só o foda-se alivia.

Danelize Gomes disse...

Às vezes, o foda-se só ajuda a foder com tudo mais rápido, mas como eu nunca achei nenhuma sequer pontar de lógica no amor, é mais do que válido não suportar que não sejamos suficiente pra nós mesmos. Beijo, Ali linda. ;*

Nanda Melo disse...

Minhas crises existenciais são barraqueiras. De mim para mim. Ninguém vê, ninguém sabe. A maioria julga saber e entender o que nem eu mesma consigo. Malditos sabedores! Foda-se. Meu barraco é silencioso, mas sem nenhuma classe. Rodo a baiana dentro de mim e, às vezes, o acarajé respinga fora. Me empresta o salto alto das suas crises e a saia no joelho? Não? Foda-se.
Me dá esse texto? Já sei a resposta. Foda-se, também!

Flá Costa * disse...

nem me fale em crises existenciais porque depois que você se dedica integralmente para um pessoa durante mais de três anos, e recebe uma decepção como troca, não há crise que esteja à sua altura. essa sou eu... amor é doar-se, essa coisa que você falou sobre todos os humanos e tal. mas aí me pergunto: será que todo mundo realmente consegue se entregar?

sei lá...

beijoca

Luiza Nascimento disse...

Foda é esse texto. Me leio sempre no que você escreve.

Sabrina Andrade disse...

Quando a coisa mais linda se junta com as coisas mais lindas ♥

Autoimune disse...

Parabéns pelo blog, pelas suas palavras, pela maneira que se exprime!! Adorei

Anônimo disse...

how's things falandocomela.blogspot.com admin found your blog via yahoo but it was hard to find and I see you could have more visitors because there are not so many comments yet. I have found site which offer to dramatically increase traffic to your blog http://mass-backlinks.com they claim they managed to get close to 4000 visitors/day using their services you could also get lot more targeted traffic from search engines as you have now. I used their services and got significantly more visitors to my website. Hope this helps :) They offer most cost effective services to increase website traffic at this website http://mass-backlinks.com

Anônimo disse...

a vida é coisa pra quem trabalha em garimpo, moça ! não importa o que sai da mão e é só pedra. importa que tem que cavar o tempo todo e arrumar o diamante . não, foda-se é coisa pra gente que desistiu de pensar. na vida voc~ê precisa matar um leão por dia. se o cara foi, é apenas porque não deu. ele que se foda, cuspa osofrimeto como quem perde um dente. são marcas de guerra. muda o batonm, refaz o cabelo, troca uma roupa por outra comploetamente diferente, muda a personalidade, você deve atuar ! Todos estão apenas atuando, pois a vida é muito rara e pequena pra alguém se sobressair.enquanto voc~ê escreve existem vermes te comendo , eles são podres e vivem dentro de você . o que mais se pode esperar quando a consciência vem à tona? um dia, um único dia de cada vez. não precisa acreditar. só olhe em torno. veja os olhos das pessoas,sem vida , sem mais nada, nada. ocê vai ser isso ou se permite subir no salto, colocar um baton fino e um vestido com uma fenda e uma calcinha proocante e encontrar outro cara ? então, vai apanhar quieta ? ou vai cair dando porrada ?